terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Crise de atitudes promove apatia as mudanças


Crise ... estamos em crise ... esta palavrinha aparece em todo instante nos noticiários, conversa entre amigos, redes sociais,  ecoa onde existe gente amontoada pronta para colocar a sua versão dos fatos.
É crise de valores, ou crise familiar, crise financeira ou crise no pensar  - afinal, estas 5 letrinhas estimulam desespero e lágrimas no olhar de muita gente.
Por vivermos questionando a realidade, criando meios para entreter a vida ou mesmo objetivando a construção de tecnologias que permitam viver melhor em sociedade, ainda não criaram uma fórmula para enfrentar as turbulências da vida. Uma busca incensante em conhecer a si mesmo e entender o outro, promove desconforto e assim, dilemas nos desafiam a obter respostas para este desafio. 
Esta expressão vem do grego krisis que significa "decisão" e apesar de muitos acharem que é o momento do fracasso e derrota, podemos mudar o foco descobrindo momentos de oportunidades.

Na verdade, o amor está em crise.  Uma apatia ao sentimento do próximo que compartilha uma vida a dois.A ausência de atenção do pai ou mãe com as dificuldades do filho. Ou diminuição da compaixão dos governantes aplicando impostos abusivos, cobrando do menos favorecido que precisa de ajuda.
No final, a crise é uma soma de ausências e conflitos que resulta na aflição do próximo.
Pode ser entendida como uma mudança brusca ou alteração no desenvolvimento de um evento ou acontecimento.
O importante é não deixar o abatimento tomar o lugar da perseverança associada a esperança.
"Fracasso é simplesmente a oportunidade de começar de novo; desta vez, de maneira inteligente"  - Henry Ford
Só passa por crise quem está vivo, então, use a crise para a promoção de oportunidade. Viva a mudança de atitude e derrote a crise.

Liza Lima - Colunista do Ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário